Saúde bucal de pets idosos

Muitos proprietários de animais (e alguns veterinários) acreditam que não é mais possível tratar a boca de animais mais idosos, porém a história do nosso paciente, o cãozinho Clementino, mostra totalmente o contrário. Hoje em dia, é perfeitamente possível tratar animais em idade bem avançada e vale muito a pena, pois eles vivem muito melhor.

Durante a semana passada recebemos a ilustre visita do Clementino, um cão SDR muito idoso e com um histórico supreendente. Ele se tornou nosso paciente há 6 anos atrás, já com 18 anos e uma boca em estado calamitoso. Desde que tinha 10 anos sua dona tentara fazer um tratamento bucal nele, porém os veterinários diziam que Clementino não aguentaria a anestesia. Foi preciso ele desenvolver anemia devido a sangramentos na gengiva que não paravam, por conta dos dentes praticamente podres, para que finalmente fosse tratado.

Ao ficar tão mal, seus veterinários perceberam a gravidade da situação e encaminharam -no para o Odontovet, para que enfim ele recebesse tratamento. Clementino foi anestesiado e tratado corretamente, sendo necessário retirar todos os seu dentes. Desde então passa muito bem, e em sua visita nos mostrou que hoje, com 24 anos e bem idoso, ele está ainda com muita saúde!

O tratamento bucal em pacientes idosos sempre é possível, bastando uma análise de cada caso para que haja os cuidados apropriados. Seu pet merece esse carinho!

1 comentário
  1. Responder
    Miria Marinho

    Tenho trabalhado muito na minha cidade e risco de vida ele corre mais sem fazer tratamento periondontal .Anestesia o tempo é pouco em relação , são apenas uma hora ou duas , enquanto o ataque das bactérias da boca nos órgãos vitais acontece em cada segundo do resto da vida .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *