E se os dentes de leite do filhote não caírem?

A idade para troca dos dentes em cães e em gatos é entre o 4º e o 6º mês de vida. Normalmente, durante a troca da dentição o dente de leite precisa cair primeiro para o permanente possa nascer.

Mas e se os dentes do filhote não cairem? 

Nos casos em que os dentes permanentes começam a nascer enquanto os dentes de leite ainda estão no lugar, causando problemas de oclusão, é preciso que os dentes de leite sejam extraídos o mais rápido possível, liberando espaço para que os dentes permanentes nasçam sem problemas.

Ainda que os dentes de leite venham a cair mais tarde, esse atraso pode causar problemas no dente permanente, que pode nascer numa posição errada, prejudicando a mordida e toda saúde bucal do pet.

Veja no caso abaixo, antes da extração o canino superior de leite (A) estava empurrando o canino superior permanente (B) para a frente, impossibilitando que o canino inferior se encaixasse corretamente. Cerca de 15 dias após a extração do dente de leite (A), os caninos superior (C) e inferior (D) voltaram ao seu lugar, formando o encaixe correto.

Imagem da boca de um filhote de cão de 6 meses de idade

Antes

Imagem da boca de um filhote de cão de 6 meses de idade com persistência dos caninos de leite superior (a) e inferior (e).

Depois

Ao notar que seu filhote está na fase de troca de dentição mas não está perdendo os dentinhos, agende conosco uma consulta (clique aqui) para que seja avaliado a necessidade da extração dos dentes. O procedimento adotado é tranquilo, não havendo necessidade de internação, liberando o filhote no mesmo dia. A recuperação costuma ser extremamente rápida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *