Home Unidades Contato

Como manter a saúde oral dos meus pets?

O melhor hábito saudável para manter a saúde oral de seu pet é a escovação diária dos dentes. A escovação é o melhor e mais eficiente método para o controle da placa bacteriana que leva a infecção da gengiva e outras estruturas que sustentam os dentes (Doença periodontal). Além da escovação, outros métodos de controle da placa podem ser utilizados como coadjuvantes. Mas lembre-se, eles não substituem a escovação diária dos dentes. Veja a seguir algumas perguntas e respostas frequentes sobre este assunto.

Que idade devo começar a escovar os dentes do meu pet?
Resposta: Não existe uma idade certa, mas por volta de 5 a 6 meses, quando os dentes permanentes já estão na boca.

odontovet-tratamento-saude-oral-caes-e-gatos-4Mas como devo fazer a escovação?
Resposta:
Comece devagar. Coloque-o sobre uma bancada ou mesa. Pode ser até sobre a máquina de lavar roupa. Ponha uma toalha para ele não escorregar. Comece a massagear a região do focinho dele, aos poucos, falando palavras agradáveis, elogiando. Coloque um pouco de pasta veterinária no dedo e comece a massagear a gengiva e bochecha. Não queria nesta fase abrir a boca dele, apenas deslize seu dedo pela gengiva e bochecha. Ele vai sentir o sabor da pasta e ficará distraído. Continue falando palavras de incentivo e aprovação por ele estar ficando mais quieto que antes. Faça pequenos períodos nos primeiros dias e vá intensificando aos poucos a medida que for aumentando sua aceitação. Você pode recompensá-lo por estar colaborando. Que tal oferecer um Snack, petisco ou até mesmo sair para dar um passeio? A idéia é recompensá-lo com algo que ele goste muito. Assim, ele fará uma associação positiva entre o mexer na boca e ter aquilo que ele gosta.

Ok, já anotei a dica de usar sempre pasta veterinária. Mas não posso usar pasta sem flúor?
Resposta: O problema não é só o flúor. As pastas humanas tem sabão que se engolidos podem causar prejuízo a saúde do seu pet.  As pastas veterinárias não tem sabão e podem ser engolidas, não precisando enxaguar. Além do que, algumas pastas tem sabor que eles adoram que funcionam como um reforço positivo. Outras tem um sistema enzimático, que ajuda a controlar a placa bacteriana. Se você não tiver nenhuma pasta, é preferível escovar apenas com escova e água do que usar produtos desenvolvidos para nós humanos.

odontovet-tratamento-saude-oral-caes-e-gatos-1E a escova, qual devo usar?
Resposta:
Depois que ele já estiver deixando que você massageie a boca, chegou a hora de iniciar a escovação com uma escova. Existem vários modelos de escova no Mercado, mas não existe nenhuma regulamentação sobre estas escovas, então cuidado! Muitas dessas escovas possuem cerdas duras que irão machucar a gengiva dele. Uma boa opção são escovas veterinárias que tem duas cabeças, uma menor e uma maior em cada lado do cabo. Mas cuidados com algumas marcas que tem cerdas muito duras. Se você não encontrar uma escova veterinária apropriada, utilize uma escova infantil, com cabeça pequena e macia, sem problemas.

E as dedeiras, não são boas?
Resposta: Não, exceto para cães de raças grandes. Nos demais, as dedeiras são muito grandes e você não vai conseguir uma boa adaptação. Além disso, a eficiência das cerdas das escovas é superior às dedeiras.

odontovet-tratamento-saude-oral-caes-e-gatos-3Escova e pasta em mãos. Qual o próximo passo?
Resposta:
Comece colocando gentilmente a escova entre a bochecha e os dentes posteriores. Faça movimentos suaves até o fundo e volte. Repita a manobra do outro lado. Muito bem, hora de dar uma recompensa. No dia seguinte, repita, permanecendo mais tempo e quando terminar, não esqueça da recompensa. Uma vez ele mais acostumado, você pode começar a escovar os dentes, um por um. Faça movimentos rotatórios ou da gengiva em direção ao dente. Mas ainda não é ora de escovar o lado do dente voltado para a língua. Aguarde até que ele esteja bem condicionado. Então, você pode tentar escovar o lado de dentro da boca. Já vou avisando que eles não gostam disso, então deixe para fazer isto no finalzinho da escovação.

odontovet-tratamento-saude-oral-caes-e-gatos-2Uma opção, é utilizar uma escova veterinária especial, que escova o lado de fora e o de dentro ao mesmo tempo. Outra dica para manter a boca dos cães aberta é colocar o dedo por trás do canino (presa) superior e apertar o céu da boca.

odontovet-tratamento-saude-oral-caes-e-gatos-5E para gatos, é a mesma coisa?
Resposta:
O processo de condicionamento é o mesmo, porém ainda mais importante. Ganhe a confiança deles desde jovens e você terá mais chances de sucesso. Os gatos mais do que os cães, não gostam que manipulemos a boca, e eles tem unhas e patas bem ágeis! Pode ser que você precise de ajuda de mais alguém para segurar as patas dele. Um dica é segurar a cabeça deles por cima. Com o dedo polegar é colocado perto do canto da boca de um lado e o dedo indicador perto do canto da boca do outro lado. Uma ligeira tração destes dedos para trás e os dentes deles ficam expostos, podendo ser escovados. A vantagem é que são menos dentes que nos cães, tornando a tarefa mais rápida. Não esqueça de dar uma recompensa para ele!

Bom, parece fácil. Tem mais alguma coisa que tenho que observar?
Resposta: Sim. Nos primeiros dias, pode até ser que haja algum discreto sangramento, percebido na escova que poderá ficar suja de sangue. Mas veja, eu disse um discreto sangramento! Se este sangramento for grande e persistir por mais de 2 dias, algo deve estar errado. Suspenda a escovação e procure um médico veterinário especializado em odontologia.

Ah! O mais importante: Quantas vezes por dia devo escovar?
Resposta:
Uma vez por dia é o ideal. Três vezes por semana aceitável. Menos que isto é insuficiente.
Então, mãos a obra, boas escovações e muitos sorrisos saudáveis!

Mas eu já tentei de tudo, mas ele não deixa escovar de jeito nenhum. O que eu faço?
Resposta:
Realmente, alguns pets não colaboram, mas um pouco de firmeza, paciência e perseverança podem ser a chave do sucesso. Este é um dos motivos que se recomenda a escovação diária. Para que fique como uma rotina tanto para o pet como para seu dono. Em casos de agressividade ou até aqueles pets que ficam extremamente inquietos e estressados e a escovação realmente não é possível, podemos lançar mão de outros métodos alternativos que não irão substituir a escovação, mas serão coadjuvantes no controle da placa. Veja Alguns métodos alternativos:

  • Tiras de couro mastigáveis adicionadas de enzimas: Todo hábito de mastigar pode ter um efeito benéfico sobre a saúde oral. As tiras de couro são uma boa opção para ajudar no controle da placa bacteriana, pois o atrito entre o dente e a tira de couro durante a mastigação ajuda na remoção da placa bacteriana. Além do efeito mecânico, as tiras de couro mastigáveis da marca Chews CET da Virbac são adicionadas de um complexo enzimático que aumenta o efeito contra as bactérias.

Algumas pessoas tem o hábito de dar osso de boi. Embora os ossos possam ajudar, por serem muito duros frequentemente levam a fratura dos dentes que causam problema de canal com dor e risco de infecção.

  • Tiras vegetais mastigáveis adicionadas de enzimas: alguns pets não se adaptam bem às tiras de couro. Uma excelente alternativa para explorar a ação da mastigação são as tiras vegetais (Veggie CET da Virbac) também tratadas com o mesmo sistema enzimático para aumentar a eficiência do controle da placa.

Estes produtos tem uma origem de qualidade para evitar alergias e distúrbios gastro-intestinais, frequentes em produtos comprados sem um certificado de origem. Além disso, estes produtos foram testados e tem uma comprovada eficiência no controle da placa bacteriana. Tome cuidado com “ossinhos” e biscoitos de um modo geral, pois a maioria não tem ação comprovada, servindo apenas como petiscos.

  • Xilitol adicionado à água de beber: o Xilitol é comprovadamente um produto que reduz a formação da placa bacteriana. O Aquadent da Virbac é um produto a base de Xilitol que passou em teste de segurança e eficácia, podendo reduzir a formação da placa em cerca de 50% em cães e gatos. Ele deve ser adicionado diariamente na água de beber na proporção exata de 1ml do produto para cada 100ml de água.
  • Clorexidina 0,12%: a Clorexidina é um dos melhores anti-sépticos bucais. Ela possue uma característica importante que após o contato com os tecidos bucais ela é a absorvida e liberada aos poucos por até 12 horas permanecendo por este tempo seu efeito de controle da placa. Por esta razão ela é vantajosa para os pets, pois se for utilizada 2 vezes ao dia, manteria seu efeito por 24 horas. O Periovet da marca Vetnil é o produto veterinário mais indicado.

Nós recomendamos que os vários métodos de controle da placa sejam usados em conjuto para obter-se um melhor resultado. Independente dos métodos utilizados, é de suma importância que pelo menos uma vez ao ano os pets passem por uma avaliação com um profissional especializado em odontologia veterinária, quando geralmente é recomendável fzer um tratamento profissional de limpeza dos dentes.

Compartilhe: