Todos os posts por Odontovet

Meu pet deve ir ao dentista?

Uma das questões mais comuns de tutores é: meu pet deve ir ao dentista?

E a resposta que damos é: É claro que SIM!

“Assim como levamos nossos filhos ao dentista, os cães também deveriam frequentar um médico veterinário especializado em odontologia desde filhotes. Nesta fase da vida, eles já podem ter alguns problemas nos dentes que devem ser diagnosticados e tratados”, esclarece Dra. Michele Venturini, médica veterinária e cirurgiã dentista, especializada em odontologia veterinária e sócio-proprietária do Odontovet, Centro Odontológico Veterinário de São Paulo.

Estas e outras questões importantes, foram respondidas pela Dr. Michele em entrevista ao Portal Melhores Amigos.

Confira a matéria completa abaixo, ou clicando aqui.

Leia mais

Apresentação: Bloqueios regionais e anestesia local para Odontologia Veterinaria

Temos uma novidade importante para profissionais da área de Odontologia Veterinária.

A partir de agora, vamos disponibilizar apresentações em slides exclusivas, elaboradas pela equipe do Odontovet. Esse rico conteúdo é utilizado por estes profissionais em diversos eventos como: congressos, palestras e cursos de especializações no Brasil e no mundo.

Nesse primeiro post, trazemos uma apresentação feita pelo Dr. Daniel Ferro, sobre o tema: “Bloqueios regionais e anestesia local para Odontologia Veterinária

Leia mais

DEPOIMENTO: Pepita

Conheça a história da Pepitinha, que realizou tratamento periodontal após apresentar alguns sintomas, como hálito forte e falta de apetite.

Dra Bruna,

Obrigada! Sou mãe da Pepitinha que esteve ai em tratamento periodental e de coração eu te agradeço. Valeu cada centavo!
Minha cachorrinha apresentava um fedor na boca horrivel, a escovação já não resolvia, a boquinha dela tremia, ela queria comer mas parava,sai do lugar da sua alimentação e escondia a cabeçinha.

Leia mais

Bafo de Onça: problemas bucais dos felinos

Atualizado em 26 de Julho de 2018

Problemas bucais dos felinos é destaque na REVISTA da FOLHA, que contou com a consultoria do Odontovet.

Cerca de 80% dos gatos com mais de três anos possuem algum problema bucal. Estar atento aos pequenos sinais é importante, pois na maior parte das vezes estes problemas passam despercebidos, já que os gatos nem sempre apresentam sinais ou reclamam.
Portanto a prevenção é sempre a melhor solução. Esperar algum problema aparecer é arriscado, pois quando os tutores percebem talvez o problema já pode estar em estágio avançado.
A partir desta informação, a Revista da Folha fez uma matéria sobre os principais problemas odontológicos dos gatos, que podem ter um sinal em comum, o mau hálito.

Consultado para a matéria, o Dr. Hebert Corrêa explica como identificar sinais de que a saúde bucal do seu gato vai não vai bem. 

Sinais mais comuns de problemas odontológicos
Os sinais mais apresentados pelos gatinhos são: mau hálito, presença de tártaro nos dentes, gengivas avermelhadas, inflamação, ficar babando sem motivo, sangramento, dificuldade para comer (ou variações, como tentar mastigar e deixar cair a comida, passar a aceitar apenas comida úmida, começar comer e fazer movimentos estranhos com a boca ou até mesmo largar a comida, gritar ou sair correndo, deixando de comer), perda de peso, alterações comportamentais (como: miados constantes, agressividade ou passar a ficar quieto e isolar-se), passar a patinha constantemente no focinho, presença secreção purulenta pelo nariz (principalmente se for apenas de um lado) e aumento de volume na face.

Como prevenir?  

A melhor forma de prevenção é a escovação diária dos dentes dos gatos com pastas específicas para pets, e em geral têm-se mais sucesso se os felinos forem acostumados desde filhotes.
Para fazer a escovação é possível usar uma escova de bebê (recomendampos por exemplo a escova Meu 1º Dentindo da marca Bitufo), e uma pasta específica para pets e, para potencializar os efeitos da escovação, outros métodos podem ser usados para ajudar a manter a saúde bucal do seu gato:

  • Adição de algmas substâncias que ajudam a reduzir o acúmulo de placa e tártaro à ração do seu pet.
  • Petiscos com formato e textura especiais podem ser usados com a mesma função.
  • Existem produtos que também podem ser adicionados à água de beber que ajudam na manutenção da saúde bucal.
  • Além de outros produtos para passar na boca ou gengiva, que inclusive podem reduzir a inflamação gerada pela placa bacteriana.

Se você identificou um ou mais dos sinais citados neste texto, é sinal que pode estar na hora de trazer o seu gatinho para uma avaliação odontológica com um de nossos profissionais especializados. Mesmo que ele seja bem novinho ou que ainda não apresente os sinais que foram citados, recomendamos mesmo assim a avaliação odontológica, pois este é um grande investimento na saúde dele, afinal o seu gato tem até 80% de chances de ter algum problema odontológico durante a vida, e nesta avaliação você será orientado a identificar e prevenir estes problemas.

Para agendar uma avaliação conosco, envie uma mensagem para nós diretamente no Whatsapp clicando aqui, ou entrando em contato através do email odontovet@odontovet.com e pelo telefone (11) 3816 2450

Veja a matéria completa aqui.

Leia mais

Dra. Michèle debate sobre tratamentos odontológicos veterinários na SECAM 2014

Em sua palestra na XXVI Semana de Ciências Agrárias de Marília, Drª Michèle falou sobre tratamentos que vão além das limpezas de tártaro.

No dia 20/10 a Dra. Michèle Venturini palestrou na 26ª edição da SECAM – Semana de Ciências Agrárias de Marília, promovida pela UNIMAR – Universidade de Marília, na própria cidade.

A palestra foi dada para estudantes e profissionais da área veterinária,  tendo como tema a abordagem de outros tratamentos odontológicos para os animais além de limpeza de tártaro.

Leia mais

Odontovet é destaque na Revista Cães e Gatos

Matéria destaca o pioneirismo do centro e parabeniza os 20 anos de mercado.

A Odontovet foi destaque na edição 179 da Revista Cães e Gatos com a matéria “Especializados em sorrisos”.

Ao falar sobre as duas décadas de atuação exclusiva no atendimento em odontologia veterinária, a Dra. Michèle Venturini comentou sobre as barreiras no inicio do centro.

“Em 1994, ninguém entendia como era possível se dedicar exclusivamente a esta especialidade. Foram anos lutando para mostrar aos colegas e aos proprietários este era um trabalho sério”

A matéria também abordou a estrutura do centro, os tratamentos oferecidos e a equipe. Questionado, o Dr. Daniel Ferro comentou a importância de oferecer um bom atendimento em um ambiente tranquilo.

Leia mais

Saúde bucal de chinchilas, porcos-da-índia e coelhos no livro “Tratado de Animais Selvagens – Medicina Veterinária”

Dr. Herbert Corrêa recebeu essa semana seu exemplar do livro “Tratado de Animais Selvagens – Medicina Veterinária” no qual é autor de um dos capítulos.

Nele, o doutor retrata sobre os principais problemas odontológicos em chichilas, porquinhos-da-Índia e coelhos e como devolver a saúde a estes pacientes.

“O objetivo desse material é auxiliar seus colegas, médicos verinários, a diagnosticar rapidamente animais que apresentam esse tipo de problema.” – Dr. Herbert Corrêa

Leia mais

DEPOIMENTO: Paxá

Conheça a história de Paxá, o gato de 16 anos que desde 2009 sofria com uma doença na boca, curada após tratamento no Odontovet.

A Drª Michèle conseguiu agendar tudo de forma satisfatória para nós e o Dr. Daniel foi muito atencioso. Cuidou do Paxá com profissionalismo e como se fosse seu próprio pet. Na mesma noite, o Paxá passou a limpar as vasilhas de comida, o que não acontecia há muito tempo.

Leia mais

Dr. Herbert Corrêa participa de evento na Faculdade de Medicina Veterinária da Unesp – Araçatuba

Na 20ª SEMEV – Semana de Estudos em Medicina Vetinária, Dr. Herbert destaca a importância da odontologia veterinária 

No dia 26/09, o Dr. Herbert Corrêa esteve na 20ª edição da SEMEV – Semana de Estudos em Medicina Veterinária. O evento ocorreu na Faculdade Medicina Veterinária da Unesp – Araçatuba.

Em seu curso, Dr. Herbert destacou a importância da odontologia veterinária para seus colegas e futuros colegas de profissão, com o tema: “Doença periodontal x Doenças sistêmicas / Calibrando o seu tartarômetro”.

‘Infelizmente, muitos colegas tratam o assunto como algo de pouca importância e encaram a “limpeza de tártaro” como se fosse mais um serviço de pet shop.’ – Dr. Herbert Corrêa

Leia mais

DEPOIMENTO: Ulle

No último dia 7 de outubro a Dra. Michèle Venturini entrou em contato com o Sr. César, proprietário da Ulle, para acompanhar a evolução do tratamento dela.

A Ulle, uma cachorrinha já senhora no auge dos seus 17 anos, é paciente do Odontovet e infelizmente veio a falecer no último dia 01/10/2014.

O depoimento dele foi tão emocionante, que pedimos autorização para publicá-lo em nosso site e a resposta dele foi:

“Oi Michelle. Claro que sim, (o depoimento) é a maior homenagem que a Ulle poderia receber, ainda mais vindo de alguém como você que priorizou tanto o bem estar e a qualidade de vida dela.
Garanto que a Sra. Ulle vai ficar muito feliz, onde quer que esteja.
Eu que agradeço tudo que fez por ela.
Beijo”

Confira abaixo a conversa na íntegra e tente conter a emoção.

#RipUlle.

Leia mais