Cirurgia – Problemas de ATM

A articulação temporo-mandibular (ou ATM) permite que a boca dos pets se abra e se feche, através da ação dos músculos da mastigação, de maneira similar ao que ocorre em outras articulações, como o nosso joelho.

Traumas que levam a fraturas ou luxação da ATM além de alterações degenerativas podem comprometer a função de abrir e fechar a boca, causando desconforto e impossibilidade de comer e beber água. Os sinais de alteração na ATM são: impossibilidade de fechar a boca (paciente fica direto com a boca aberta sem conseguir fechá-la); desvios da boca e, em casos severos, o paciente pode não conseguir nem ao menos abrir a boca.

Paciente felino não consegue fechar a boca devido alteração na ATM. Indicação de exame radiografia. Casos de luxação da ATM e de “interlock” podem apresentar a mesma aparência.

Radiografia revela presença “interlock” causado por possível degeneração articular que permite um movimento de lateralidade da ATM fazendo com que ela fique presa quando paciente abre muito a boca (seta contínua). A indicação de tratamento é cirúrgica na maioria dos casos.

Ilustração com crânio de felino mostrando o processo coronóide da mandíbula preso no arco zigomático (seta) caracterizando o “interlock”.