problemas dentários

Os problemas dentários mais comuns nos coelhos

Tudo o que você precisa saber sobre os problemas dentários mais comuns nos coelhos!

Seu coelho pode ser grande, pequeno, orelhudo ou baixinho. Não importa qual a raça ou nível de fofura, todo coelho necessita de atenção especial à sua dentição.

Os dentes dos coelhos crescem durante toda vida. Na natureza, esse crescimento é para compensar o desgaste dos dentes, que ocorre durante a mastigação de alimentos fibrosos (capim/mato). No ambiente doméstico, a alimentação à base de ração pode não fornecer o desgaste ideal, o que acarreta algumas complicações odontológicas frequentes. Para te ajudar a evitar esse e outros problemas, listamos as ocorrências odontológicas mais comuns nesses pets:

Alongamento dos dentes:

Ocorre quando os dentes não são desgastados adequadamente durante a mastigação. A alimentação à base de ração não só não causa um desgaste adequado dos dentes como também altera o padrão da mastigação. Como consequência, podem ocorrer alguns problemas:

Maloclusão:

Quando os dentes não são desgastados corretamente, podem sofrem alguma inclinação, saindo de sua posição correta, o que chamamos de maloclusão secundária. Fora da posição ideal, os dentes podem não ser desgastados adequadamente, podendo formar pontas que machucam a bochecha, a língua ou os lábios.

Nos coelhos, é comum também a maloclusão dos dentes incisivos, mas em geral, nestes dentes a maloclusão é primária ou esquelética, porque é causada por uma desproporção da mandíbula com a maxila. Dessa forma, os dentes podem crescer tortos e prejudicar a mastigação e alimentação, além de machucar os lábios.

Traumas nos dentes ou na face e mesmo quedas podem causar o desalinhamento dos dentes. Dessa forma, a dentição cresce de forma errada, complicando a mastigação e desgaste correto dos dentes.

Pontas dentárias:

Estudos mostraram que o padrão da mastigação dos coelhos muda quando estão comendo grãos ou ração. Dessa forma, o desgaste da superfície do dente não é igual em toda a superfície do dente, o que leva a formação de pontas dentárias. As pontas nos dentes pré-molares e molares inferiores causam trauma na língua enquanto nos dentes superiores causa trauma na bochecha. Este trauma machuca muito a bochecha, geralmente levando o coelho a parar de comer.

Presença de ponta dentária em um dente inferior esquerdo (seta) que está machucando a língua de um paciente coelho impedindo que ele coma. Ponta precisa de desgastada e dentes nivelados.

Problemas dentários

Imagem pós-tratamento de desgaste da ponta e nivelamento do dentes (ajuste oclusal).

Abscessos:

Quando os dentes estão alongados e fora de posição, predispõe ao acúmulo de alimento entre os dentes podendo levar a inflamação da gengiva (doença periodontal)  e até a formação de abscesso. A presença de pontas dentárias também pode levar a perfuração das mucosas da língua, lábios ou bochecha. A contaminação desta ferida pode levar a formação de um abscesso. Inicialmente, um abscesso pode apresentar-se como um pequeno aumento de volume ou uma pequena ferida na pele na região próxima aos dentes ou até passar despercebido por causa dos pelos que escondem o aumento de volume. Por isso, é importante apalpar com regularidade a cabeça de seu coelho.

Problemas dentários

Aumento de volume com pequena ferida na pele próxima aos dentes. Só pode ser notada após raspar os pelos. O diagnóstico foi de abscesso relacionado aos dentes.

Estes são os principais problemas dentários dos coelhos. Como você pode perceber, todos eles podem ter relação com uma alimentação errada. De certa forma, são problemas poderiam que ser evitados por meio de uma alimentação adequada (aquela que é mais próxima da alimentação natural, por exemplo, capins, fenos, folhas de vegetais fibrosos, talos de cenoura, palha de milho, etc., além de pequena quantidade de ração própria para coelhos e de boa qualidade).

Se o seu coelho está com os dentes alongados, seletivo para comer, perdendo peso, com fezes pequenas e ressecadas, esses podem ser os primeiros sinais de problemas dentários e um desgaste profissional pode ser necessário. Se você notar qualquer mudança de comportamento ou diferença nos dentes do seu coelho, o Odontovet tem dentistas especializados na saúde bucal desses pets.

Precisando de auxílio ou de uma consulta, é só entrar em contato conosco.

6 comentários
  1. Responder
    Adriana martelossi

    Boa tarde, meu coelho ja fez desgaste 03 vezes e os intervalos vem diminuindo entre um procedimento e outro, os dentes dele crescem com pontas, existe outro procedimento para evitar esse crescimento excessivo?

    • Responder
      Herbert Corrêa

      Adriana, creio que seu coelho seja um daqueles casos crônicos de difícil solução. A alteração da dieta para uma dieta predominantemente a base de capim pode surtir algum efeito em alguns casos. Pode-se também ponderar sobre extrações dentárias! Mas existe risco de resolver um problema e criar-se outro. Creio que a mudança na alimentação seja a que oferece menos risco.

    • Responder
      Carlos Roberto

      Seria bom dar madeira de pinus para ele roer.

      • Responder
        Herbert Corrêa

        Não. Você deve fornecer capim como alimento para desgate dos dentes.

  2. Responder
    Najila Silva ribeiro

    Meu coelho está com abcesso dentário ele já está em um grau elevado, suspendi a ração e estou dando comidinhas naturais. Oque posso estar fazendo a mais ? Tem algum remédio ?

    • Responder
      Herbert Corrêa

      Ola Najila. Fica difícil opinar pois não sabemos a extensão do abscesso. O melhor a ser feito é procurar um dentista veterinário. Se quiser trazê-lo até nós, iremos ajudá-los. Ficamos à disposição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat