Todos os posts por Odontovet

cachorrinho ronca

Seu cachorrinho ronca? Saiba como um dentista veterinário pode te ajudar!

Seu cachorrinho ronca? Faz ruído na respiração quando fica agitado? Fica cansado rápido? Já desmaiou quando estava fazendo exercício?

Estes são sinais comuns de cães braquicefálicos, ou seja, cães que tem o focinho curto, como pugs, buldogues franceses, bichon frises, lhasa apsos, dentre outros. Estas raças sofreram alterações anatômicas na cabeça que resultaram na dificuldade do ar chegar até os pulmões. A estas alterações chamamos de síndrome do braquicefálicos.

Leia mais
Aparelhos ortodônticos em pets

Aparelhos ortodônticos em pets: 3 benefícios que eles trazem para a saúde bucal dos pets

Longe de ser considerado frescura ou apenas uma questão de estética, a colocação de aparelhos ortodônticos em pets tem a ver com a saúde e bem-estar deles. 

Quando os dentes estão “tortos” ou fora da sua posição normal e o encaixe dos dentes não está correto o pet pode sofrer e em alguns casos, a solução pode ser o uso de aparelho para evitar a extração dos dentes. Dentre os problemas relacionados a dentes tortos podemos citar a dificuldade para mastigar, desgaste dos dentes, traumas na gengiva e bochecha, dor, além do que, os dentes fora de posição facilitam o acúmulo da placa bacteriana, levando a inflamação da gengiva, formação de tártaro e podendo levar a perda do dente. O pior de tudo é que na maioria dos casos, eles sofrem sem reclamar.

Os aparelhos colocados nos pets, em geral, são fixos e alguns são bem semelhantes aos que nós humanos usamos. A grande diferença está talvez no tempo de tratamento, que na maior parte dos casos fica em torno de 2 a 3 meses.

Listamos quatro benefícios que o uso de aparelhos ortodônticos pode trazer para a saúde bucal do seu pet. Confira:

MELHORA NA MASTIGAÇÃO

Cães e gatos mastigam muito pouco os alimentos. O motivo é bastante simples. Eles têm dentes pontiagudos, dentes carnívoros, adaptados a uma dieta onde eles precisam caçar para comer. No ambiente doméstico, a alimentação de um modo geral não exige que eles mastiguem, porém, se os dentes estiverem fora de posição, os pets terão dificuldade em mastigar, em alguns casos podem inclusive começar a evitar alimentos maiores que exijam a mastigação.

O  aparelho ortodôntico pode ser  uma solução. Ninguém melhor que o dentista veterinário para avaliar a necessidade e fazer a indicação correta de um aparelho. 

PROTEGE CONTRA O DESGASTES DOS DENTES

Dentes tortos ou fora da posição correta podem causar um contato anormal entre os dentes levando ao seu desgaste. O desgaste dos dentes pode causar a exposição da polpa dentária (que é a parte viva do dente). Isto causa dor e pode levar a formação de abscesso. O uso de aparelho ortodôntico pode fazer voltar a posição do dente para a posição correta ou numa posição mais próxima do normal que não cause problema, trazendo conforto e evitando a extração de dentes.

O ideal é que a troca dos dentes seja acompanhada por um dentista veterinário pois a grande maioria dos problemas de oclusão ocorrem durante ou imediatamente após a troca dos dentes de leite. Quando um dente de leite demora para cair e o dente permanente começa a nascer, geralmente, este dente já irá nascer no lugar errado. Daí a importância de acompanhamento da troca de dentes.

HIGIENIZAÇÃO DOS DENTES

Durante a mastigação dos alimentos existe uma auto higienização dos dentes. É bem verdade que esta higienização não é suficiente para manter a saúde oral, porém, quando os dentes estão fora de sua posição e o encaixe dos dentes não é perfeito, a auto higiene é prejudicada e existe uma maior tendência para o acúmulo de sujidades e placa bacteriana sobre estes dentes. Como consequência, o paciente terá uma maior predisposição para desenvolver inflamação da gengiva , tártaro e outros problemas bucais além de afetar também a saúde geral do pet.

A correção da mordida com o uso de aparelhos ortodônticos em pets pode ser uma solução. Em alguns casos, pode não ser necessário o uso de aparelhos, mas o problema pode ser contornado com maiores cuidados como escovação diária dos dentes.

ALÍVIO DAS DORES E DESCONFORTOS

Quando um ou mais dentes estão fora do lugar eles podem pegar na gengiva, no lábio, bochecha ou no céu da boca e causar um machucado ou incômodo, que pode causar dor e desconforto. Em alguns casos, eles podem ficar mais quietinhos e até comer menos e infelizmente, na maior parte dos casos, os pets sofrem sem reclamar. Em decorrência da mordida errada ou possível deslocamento da mandíbula, o pet pode sofrer muito com dores e desconfortos na boca. E, nesse caso, não há remédio que cure.

É necessária a colocação do aparelho ortodôntico para reordenar a dentição do animal, para evitar que ele sinta dores, por conta da mandíbula fora do lugar ou dentes crescidos em direções contrárias.

O uso de Aparelhos ortodônticos em pets pode eliminar este problema levando os dentes para uma posição mais favorável que não machuque mais.

A melhor fase para se avaliar a posição dos dentes de seu pet é quando ele ainda é filhote. Além disso, é altamente recomendável que a troca de dentes seja acompanhada pelo dentista veterinário. Se você tem um filhote, vale a pena investir numa avaliação odontológica! A infância dos pets é muita rápida e problemas de oclusão (encaixe dos dentes) podem influenciar a saúde bucal e o bem-estar deles para o resto de suas vidas. Agende hoje mesmo uma avaliação através do nosso WhatsApp 11 99603-8608.

Leia mais
Doação de sangue

Doação de Sangue

A doação de sangue é necessária porque os pets, assim como os humanos, não são imunes a acidentes e doenças. Em muitos casos acaba sendo necessária uma transfusão de sangue. Para que isso ocorra, é preciso que haja doadores pois os bancos de sangue enfrentam sempre uma baixa no estoque de sangue destinado aos pets.

Leia mais
Gengivite

Gengivite em cães: entenda mais sobre a doença

As doenças bucais em cães são muito frequentes, mas não normais, e por isso precisam ser entendidas e tratadas. A gengivite acarreta muitas outras complicações que podem comprometer a saúde do pet e pensando nisso preparamos dicas e informações essenciais para entender, prevenir e tratar a gengivite canina.

Leia mais
anemia canina

Anemia canina: sintomas e prevenção

É muito bom ver seu pet correndo, pulando e brincando por aí. Quando isso não acontece, alguma coisa não está bem. A anemia canina é mais comum do que se pensa, e além da apatia pode acarretar outras complicações.

Leia mais
Tratamento da depressão

Tratamento da depressão através de pets

A Depressão é uma doença real nos nossos dias sendo caracterizada por tristeza profunda e diminuição do interesse pelas atividades e prazeres do cotidiano. No mês de Setembro, queremos ressaltar a importância da atenção com o paciente depressivo. O acompanhamento por um profissional da área de psiquiatria e eventual uso de medicação sempre prescrita por este profissional, além do apoio e cuidado da família e amigos, da fé e esperança são muito importantes no tratamento da depressão. O que poucos sabem é que os pets podem ser importantes aliados neste tratamento.

Leia mais
Open chat