serviços odontológicos para pets

Serviços odontológicos para pets e a importância para seu bem-estar

Não somos apenas nós, seres humanos, que devemos cuidar da nossa saúde bucal, mas também os pets. Cabe a nós, os responsáveis pelos pets dar a devida atenção à saúde odontológica deles, com o objetivo de preservar sua saúde e, assim, garantir a eles qualidade de vida e bem-estar.

Serviços odontológicos para pets x Saúde odontológica do pet

No dia a dia, o pet consome alimentos e resíduos destes alimentos ficam na boca e juntamente com outros resíduos e bactérias será formada a famosa placa bacteriana que é responsável pelas principais doenças da cavidade oral.

A escovação dental diária é uma forte aliada para que não haja formação da placa bacteriana e impedir a formação de tártaro, inflamação da gengiva e o mau hálito, mas infelizmente, poucos tutores ainda sabem da necessidade e importância da escovação diária. Daí a importância de buscar um acompanhamento e orientação do dentista veterinário, que é o médico veterinário especializado em odontologia veterinária.

Deve-se levar o pet pelo menos uma vez ao ano para uma avaliação odontológica ou eventualmente, em intervalos menores, se você notar algum dos sinais de problemas bucais que iremos relacionar a seguir.

Principais doenças de alerta de problemas da cavidade oral e que necessitam de serviços odontológicos para pets:

 

Mau hálito

O mau hálito é o principal sinal de que algo está errado com a saúde oral do seu pet. Ele é o resultado da fermentação bacteriana dos resíduos de alimento que ficam na boca. Então, o mau hálito funciona como um alarme de que existe infecção na boca de seu pet. Não desligue este alarme usando produtos para diminuir o mau hálito, procure orientação do dentista veterinário. Ele irá tratar a causa do problema e não apenas o sinal do problema! 

 

Tártaro

O tártaro é a calcificação da placa bacteriana na superfície dos dentes. Ele não causa doença, mas torna a superfície do dente áspera, facilitando o acúmulo de mais placa bacteriana. Esta sim, causa inflamação da gengiva, dor, perda dos dentes e infecção de outros órgãos. O tártaro não pode ser removido pela escovação e nem por produtos “milagrosos” anunciados na internet. E tem mais, o tártaro pode se acumular abaixo da gengiva, onde não vemos. Daí a importância de procurar um dentista veterinário para avaliar e tratar o problema.

 

Gengivite

É a inflamação da gengiva que é causada pela placa bacteriana. A gengivite é dolorida para os pets e se não tratada pode evoluir para a retração da gengiva e perda do dente. A gengivite é reversível e pode ser revertida removendo-se a placa através da escovação diária. Mas, o ideal seria você buscar orientação do dentista veterinário porque dificilmente você saberá identificar se esta inflamação já atingiu as estruturas mais abaixo da gengiva. Além disso, o dentista veterinário irá orientar você na implementação de um programa de saúde oral em casa para manter a saúde bucal do seu pet por mais tempo.

 

Fraturas dentárias e dentes escurecidos

Dentes quebrados são muito comuns nos pets. Nos gatos, os dentes que mais sofrem fraturas são as presas, também chamado de dentes caninos. Isto se dá devido a traumas durante brincadeiras ou até a acidentes. Nos cães, a fratura das presas (ou dentes caninos) e também dos incisivos também são frequentes devido trauma durante brincadeiras e acidentes, mas o hábito de mastigar coisas duras, como  ossos e brinquedos, leva principalmente a fratura do dente 4o pré-molar superior, que é o primeiro dente bem grande lá no fundo da boca. A fratura dos dentes pode levar a exposição da polpa do dente, que é a parte viva e sensível do dente, ou seja, um dente fraturado pode causar dor!!! O tratamento indicado é o tratamento de canal. Em alguns casos, pode ser necessária a extração do dente, dependendo do tipo de fratura. Um sinal comum de problema de canal relacionado a fratura do dente 4o pré-molar superior é um inchaço logo abaixo do olho, que seria um abscesso devido a fratura deste dente, e isto causa dor!!!!

Dentes com alteração de cor (roseado ou mais amarelados) também são sinais de problema de canal e devem ser tratados. 

 

Aumentos de volume 

Qualquer aumento de volume na boca que não desapareça em uma semana deve ser investigado por um dentista veterinário. Infelizmente, os tumores na boca são bastante frequentes. Aumentos de volume que aparentam crescer são altamente suspeitos de serem tumores malígnos. Qualquer tumor, sempre que descoberto e tratado no início tem maiores chances de sucesso. Então, não perca tempo. Procure um dentista veterinário. Pode ser necessário a realização de uma biópsia e outros exames para fechar o diagnóstico. A presença de cheiro forte na boca de uma hora para outra pode ser um indicativo de tumor!!

 

Comportamento

Você sabia que o comportamento do seu pet pode ser um sinal de que algo não vai bem com a saúde oral dele? Sim, isto é verdade! Muitos pets diante de um quadro de infecção, inflamação e dor na boca ficam mais quietos e amuados. Esta é a maneira deles reagirem a dor!! E muitas vezes, esta alteração de comportamento é interpretada como normal pelos tutores por pensarem que o pet está ficando velhinho… Então, não se engane, se seu pet anda mais quieto ou menos disposto, ele pode ter um problema odontológico, especialmente se esta alteração do comportamento estiver associada com mais um dos sinais que apresentamos acima.

 

Já identificou alguns destes sinais? Através dos serviços odontológicos para pets, nós podemos ajudar! Agende hoje mesmo uma avaliação odontológica com nossos especialistas através do telefone 011 3816 2450 ou do nosso WhatsApp!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat