Há problema em receber um “lambeijo” do meu cachorro?

Está cheio de cão beijoqueiro por ai. Esta é uma forma interessante que os pets usam para demonstrar seu afeto pelos humanos. Tem gente que adora este tipo de carinho, mas há quem não goste nem mesmo de lambidas carinhosas próximas ao rosto.

De um lado, muitos tutores dizem que não há problema nenhum e que muitos animais podem ser até mais limpos que muitos humanos. De outro lado, a defesa é que os animais são mais sujos.

Mas afinal, é possível pegar alguma doença ao deixar meu pet lamber minha boca?

Nosso médico veterinário, Dr. Herbert Corrêa, nos esclarece essa dúvida respondendo três perguntas:

  • A boca do cachorro é suja?

Sim, toda boca é suja, seja dos humanos ou dos animais.
No âmbito médico, a boca é considerada uma região contaminada do corpo, pela quantidade de bactérias presentes nela. Estudos sugerem que na cavidade oral deva haver mais de 300 tipos diferentes de bactérias. Se não bastasse isso, alguns cães têm o péssimo hábitos de comer fezes, lamber o pipi e até o ânus. Quem já levou uma mordida grave de um cão sabe das complicações.

  • Quais problemas podem ocorrer ao deixar um cachorro lamber nossa boca?

Em geral, acredita-se no conceito de que as bactérias que causam doença na boca são espécie-específicas. Isto significa que as bactérias que causam a doença periodontal (caracterizada por inflamação da gengiva, presença de tártaro e mau hálito) no cão não causariam a mesma doença em humanos, e vice-versa.
No entanto, alguns estudos mostraram que não é bem assim, pois foram encontradas bactérias em comum na boca dos tutores e em seus cães quando estes tinham um contato íntimo, sugerindo que várias bactérias podem ser transmitidas entre os tutores e seus pets.

  • É possível que um humano transmita doenças a um cachorro que lambeu sua boca?

Baseado nestes estudos, sim, é possível! Ou seja, se sua saúde oral não estiver boa e se você “beija seu cachorro na boca”, você pode estar colocando a saúde bucal do seu pet em risco. O inverso também seria verdade.
Portanto, se você gosta deste tipo de carinho, vale a pena checar como está a saúde oral do seu pet (também a sua!). Se ele tem bafo, tem algo errado com a saúde oral de seu pet e a sua saúde e de seus familiares pode estar em risco.

 

Para evitar que os beijos se tornem um problema, marque agora mesmo uma consulta conosco através do email odontovet@odontovet.com ou em nosso WhatsApp (basta clicar no link e será aberto a janela de conversa diretamente conosco – funciona melhor no celular) e cuide da saúde buca do seu pet!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.